Majokko Shimai no Yoyo to Nene [Review]

Era para eu ter feito essa crítica há muito tempo...


Majokko Shimai no Yoyo to Nene (As Irmãs Mágicas Yoyo e Nene, em uma tradução livre) estreou em dezembro de 2013, foi dirigido por Takayuki Hirao e produzido pelo estúdio ufatable (o mesmo responsável pela franquia Fate).

Bem, sinopse rápida, Yoyo, uma bruxa purificadora de maldições que vive em uma terra mágica, acaba indo parar em uma terra como a nossa e aqui descobre uma maldição que conecta esses dois mundos.

Eu peguei para assistir esse filme, primeiramente, porque a imagem de divulgação me atraiu e, segundo, porque queria fazer um poste especial sobre filme envolvendo bruxas no Dia das Bruxas, o que, como podem ver no blog, acabou não acontecendo, mas no final acabou sendo uma boa supresa.

“Majokko Shimai no Yoyo to Nene” é um bom filme, mas me parece não conseguir sair tanto do seu publico alvo, ou seja, é um filme para o público infantojuvenil, queria até que ele ganhasse uma dublagem nacional, pois é de fato um filme bastante família.

Como eu falei na análise de Hilda, infantil não quer dizer ruim, o filme é bem construído e executado, com uma narrativa redonda que sabe começar e guiar o expectador até o final. Onde os personagens, apesar de genéricos, têm um desenvolvimento interessante. Além de uma boa mensagem, que, claro, pode parecer meio bobinha para o público mais velho.


O que não combinou foi uma estética, que apesar de bonita, era bem plástica. Acho que se a pintura tivesse menos brilho e fosse até mais chapada, com cores mais pasteis, como nos flashbacks, combinaria mais com o todo. Assim como a direção se mostrou sem originalidade, não está ruim, mas claramente já vi isso antes em vários outros lugares.

O que realmente me chamou a atenção para esse filme, é o tema que queria abordar no poste que não finalizei, foi pelo fato de se tratar sobre bruxas e magias. Um tema que tem retratação bem diferentes no ocidente e no oriente. Em Majokko Shimai, assim como observei em alguns animes, bruxas são respeitadas e bem quista pela sociedade, assim como o misticismo está presente para trazer o bem e não para as pessoas pegarem.

No geral, “Majokko Shimai no Yoyo to Nene” entretém e sabe o que está fazendo, apesar de não ter um detalhe que o torne especial, sendo mais um exemplo de como magia e bruxas são retratadas diferente no oriente.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.