Los Territorios [Crítica]

Não perca, estreia amanhã, dia 08 de junho de 2018!


Sinopse: Depois do ataque ao jornal Charlie Hebdo em Paris, Ivan, o filho fútil de um importante jornalista argentino, embarca em uma jornada, perseguindo diferentes eventos e conflitos geopolíticos ao redor do mundo.

Crítica por Reinaldo Barros: Um jornalista a explorar territórios mundo afora em busca da realização pessoal, no entanto o único achado relevante foi a própria frustração. Sim, esse é mais um filme a falar sobre jornalistas frustrados e dessa vez a ênfase é no trabalho do protagonista vivido pelo Iván Granovsky, que além de ator é o produtor, roteirista e diretor, e arrisco-me a dizer, fonte de inspiração também, mas aí é só um palpite.

Do início ao fim é aquela procura da matéria perfeita, aquela de encher os olhos do leitor e os bolsos do editor. Durante essa busca vamos acompanhando as mudanças de planos e o surgimento das frustrações de um profissional que não consegue finalizar nenhum projeto, depende totalmente da ajuda financeira da mãe e das recomendações do pai para chegar nas fontes certas. Para quem está começando a graduação em comunicação (Jornalismo ou Cinema) pode ser um belo banho de água fria, porém depois disso o frio vai embora e o foca (Novato numa redação) já estará vacinado contra má apuração e mau planejamento.


Outro ponto bacana e igualmente pedagógico são as diversas viagens para América do Sul, Ásia e Europa onde ocorrem ou ocorreram eventos políticos locais extremamente relevantes, alguns de repercussão mundial. Enquanto vai tentando produzir sua matéria nesses lugares, vamos conhecendo um pouco da realidade e do ponto de vista dos locais e envolvidos nesses acontecimentos históricos.

Se fosse para resumir em uma palavra eu diria: didático! Não do modo formal e tão pouco profundo, mas as pinceladas em tais fatos podem despertar a curiosidade e fazer com que você pesquise a respeito daquele assunto mais interessante na sua opinião.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.